Músicas para casamento: Como escolher?

Está em dúvida sobre as músicas que escolherá para o seu casamento? Saiba que não é a única pessoa com esse dilema! Por isso, trouxemos aqui 9 dicas que te ajudarão a escolher as músicas certas para a sua cerimônia decasamento.

Antes de iniciarmos, é importante lembrar que a boa escolha das músicas da cerimônia ditarão como o seu casamento inteiro será. Leve o tempo que precisar e escolha com muito carinho.

1 – Escolha que tipo de casamento que mais combina com vocês enquanto casal

Caso escolha músicas eruditas, como Pachebel Canon em Ré maior , ou Primavera do Vivaldi por exemplo, que são canções instrumentais, seu casamento será mais clássico.

Músicas mais contemporâneas ou populares está se tornando uma prática muito comum em casamentos, como tocar Norah Jones – Come away with me ou Luíza Possi – Além do Arco-írisentre outras. Músicas populares tornam o casamento muito mais pessoal, na minha opinião.

2 – Considere o modo como seu casamento será realizado

Se a cerimônia de casamento será realizada em um ambiente religioso, como uma Igreja, considere escolher uma música com tema mais religioso.

Também leve em consideração como a música irá soar no ambiente a ser realizado a cerimônia, por exemplo, algumas músicas com vozes podem não ser entendidas em determinados locais, como alguns instrumentos, ainda que sem estar conectados a amplificadores, soam muito alto em ambientes fechados e podem incomodar os seus convidados. Neste caso os músicos profissionais com boa formação que vai contratar, pode preocupar-se com isso. Lembre-se de cobrá-los.

3 – Faça um esqueleto de quantas músicas serão necessárias para cobrir todos os momentos da cerimônia

Em um casamento religioso, brasileiro, católico, são necessário de 6 a 8 músicas para cobrir toda a cerimônia, sendo que não são tocadas canções enquanto os convidados chegam.

    • Entrada do Noivo e dos Padrinhos (que pode ser feita separadamente com músicas distintas)
    • Entrada da florista
    • Entrada da Noiva
    • Entrada do Pagen ou Entrada das alianças
    • Benção das Alianças (Comum em casamentos católicos)
    • Assinatura e Cumprimentos (são utilizadas muitas vezes 2 músicas de acordo com a quantidade de padrinhos)
    • Saída dos noivos

4 – Decida se você quer alguma apresentação solo em seu casamento

Muitas vezes temos um amigo ou parente que é músico e você gostaria de uma participação especial. Isso torna o casamento intimista e o deixa muito mais amoroso, especial e marcante. Lembre-se de apresentá-lo aos profissionais que contratar para prepararem esta música juntos. Isso irá garantir qualidade 100%.

5 – Escolha quais instrumentos você quer ter em seu casamento

Ainda que você opte por casar em na Igreja ou Salão (Buffet), e opte por formação erudita ou popular, ter uma voz (popular) ou um instrumento solista (erudito) é importante para dar maior destaque a música de sua cerimônia, pois são estas músicas que vão marcar o momento.

6 – Acompanhe a evolução dos músicos contratados

Procure saber como o ensaio dos músicos está indo, se eles estão tendo problemas para desenvolver alguma música que não estava no repertório comum deles, etc. Às vezes, para manter a qualidade de todo o set-list  (lista de músicas escolhidas), é necessário trocar uma música ou outra, no caso de música ao vivo.

7 – Decida se os profissionais contratados escolherão as músicas por você

Se você decide tudo, mesmo que não seja um músico, seu gosto influenciará em todo casamento. Se você tem absoluta certeza do que quer, certifique-se que os músicos são profissionais e que podem realizar o que você quer. Vale a dica: Escolha uma ou duas músicas marcantes para você e solicite sugestão dos músicos para as demais. Deste modo vão sugerir músicas mais adequadas ao seu gosto baseando-se nas músicas que apresentou.

8 – Procure e orce os músicos

Procure na internet ou peça indicação a seus amigos de empresas ou pessoas que toquem em casamento. Peça o orçamento pensando nas escolhas de músicas feitas até o momento. Não esqueça de pedir uma amostra do trabalho, seja indo a um casamento em que o grupo irá se apresentar, um cd ou vídeo, ou até mesmo em uma “degustação” ao vivo só para os noivos.

9 – Contrate os músicos

Após ver e ouvir o trabalho dos músicos, e fazer o orçamento, é hora de contratar as pessoas para tocar. Procure contratar com, no mínimo, 3 meses de antecedência, para que os músicos tenham tempo suficiente para preparar músicas novas e ensaiar.

Seguindo os passos listados acima, você irá garantir músicas de qualidade, com sua personalidade em sua cerimônia.

 

Fonte: 9 Dicas para te ajudar a escolher a musica certa para a sua cerimonia de casamento

O cliente sempre tem razão!

"Gostaria de agradecer o maravilhoso trabalho do Grupo Raphael Tavares. Quando pensamos em levar musica ao vivo para nosso casamento procuramos em diversos grupos e empresas o que queriamos e não encontramos. O Grupo GRT foi o unico que nos ouviu e nos atendeu em tudo. Muito obrigado, vocês são demais" - Marcelo Oliveira, Noivo