"Os empreendedores falham, em média, 3,8 vezes antes do sucesso final. O que separa os bem-sucedidos dos outros é a persistência" – Lisa M. Amos, executiva

Nasci em 1989, em São Sebastião, litoral norte paulista. Sou filho, sobrinho, neto e bisneto de grandes musicos. Meu bizavô foi quem iniciou a carreira musical na família. Alguns preferiam tocar na igreja ou em casa mesmo, já eu, preferi seguir por um caminho além. Aos 4 anos de idade comecei a estudar piano com minha mãe, fui seu primeiro aluno. Por influência de tios e primos, encantei-me pelo violino. Aos 9 anos, pedi um violino como presente de aniversário e de lá para cá, não parei mais. Estudei durante 9 anos, viajava cerca de 400km de ida e volta, a cada 15 dias para estudar com um bom professor. Aos 14 anos, já trabalhava profissionalmente com música. Uma bela profissão, porém com muitos riscos e desafios. Aos 16 anos, de dentro do meu quarto, atraves da internet, montei minha primeira empresa, sem saber que era uma empresa realmente. Minha primeira equipe tinha 25 membros, destes, alguns eram do Japão, Holanda, Italia, Estados Unidos e Brasil. Foi onde descobri meu lado empreendedor. Aos 19 anos, larguei tudo e fui servir a Marinha do Brasil. Fiquei 2 anos na área da inteligência e digo, com toda certeza do mundo, foi a melhor experiência da minha vida. Aos 21, passei por um grande momento de crise, um momento de reflexão, de reestruturação psicológica, de emoções à flor da pele e grande aprendizado. Aprendi a superar desafios. Aos 22 anos, a convite da Secretaria de Cultura, criei a Camerata Difusa, em São Sebastião, SP. Aos 23 anos, criei o Grupo Raphael Tavares. Um grande empreendimento, onde aprendi muito e pude colocar tudo que aprendi no passado em pratica. Aos 25 anos, através de um edital da Petrobras, pude finalmente ver um sonho ser alcançado. Estava ali iniciando a criação da Orquestra Jovem de Cordas de São Sebastião, SP. Aos 26, criei o Instituto Difusa e hoje aos 27, sigo criando e expandindo meus projetos, sempre com grandes novidades. - Será um prazer compartilhar minha trajetoria com você ou seu grupo, entre em contato comigo! :)

Sonhar é preciso

Sonhei por vários anos, queria ter algo meu, criado por mim, algo de que eu me orgulhasse. Trabalhei em cima desse sonho, criei uma meta, um objetivo claro em minha cabeça. E assim eu fiz. Todos os dias idealizava e me imaginava na frente de um grande grupo, tocando ou regendo.

Os sonhos se realizam

Eu sempre quis levar meu aprendizado às pessoas, principalmente aos jovens. Queria fazer mas não encontrava a resposta. Um dia algo aconteceu: - “A palestra do Raphael me fez pensar mais nas minhas ações e me motivou a ir em frente na busca pelos meus sonhos. Estou muito feliz de poder ter tido essa oportunidade de ouvi-lo.” – T. Oliveira

Aprender e repassar

Percebi que, além do meu trabalho, eu também poderia passar grande parte da minha experiência através de conversas e palestras. Surgiu então a palestra A ARTE DE VENCER. - “O Raphael, apesar da pouca idade, apresenta grandes experiencias, um verdadeiro exemplo de empreendedorismo e superação de desafios.” - F. Anselmo